outros prémios internacionais
Centro Interpretativo do Vale do Tua
© Luís Ferreira Alves
Finalista nacional entre os "2018 AR Emerging Architecture awards"
29.10.2018
O Centro Interpretativo do Vale do Tua (Carrazeda de Ansiães, 2017) do escritório Rosmaninho+Azevedo arquitectos é o único finalista nacional, num total de 14 trabalhos seleccionados, do 2018 AR Emerging Architecture awards, promovido pela The Architectural Review (AR).

Os arquitectos autores dos projectos seleccionados terão a oportunidade de apresentar os seus trabalhos ao painel de jurados no World Architecture Festival em Amesterdão no final de Novembro.

O Júri conta com alguns arquitectos anteriormente premiados, como a espanhola Ángela García de Paredes (escritório Paredes Pedrosa — vencedor do 1999 AR Emerging Architecture awards), o indiano Gurjit Singh Matharoo (vencedor do AR House 2010) e Ronald Rietveld (do colectivo RAAAF, vencedor do 2013 AR Architecture Emerging.

Os prémios AR Emerging Architecture promovem arquitectos no momento de lançamento da sua carreira a um nível global, apoiando a divulgação do seu trabalho em todo o mundo.

Entre os vencedores anteriores contam-se os nomes de Sou Fujimoto, Thomas Heatherwick, Sean Godsell, Jürgen Mayer H, Anna Heringer, Shigeru Ban, Li Xiaodong e Frida Escobedo.

Os votos de maior sucesso para o escritório Rosmaninho+Azevedo arquitectos!

Mais informação


Documentos

Subscrever E-Newsletter



 

TSF

JA

mais

 

OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA