outras oportunidades
-
A Iniciativa TERRA AMADA
09.05.2013
A iniciativa TERRA AMADA centra-se no desenvolvimento de acções de voluntariado, abertas à participação de alunos de cursos de arquitectura nacionais e estrangeiros, com o objectivo de realizar intervenções em aldeias rurais de conservação e reabilitação,
que sejam identificadas, pelos parceiros e pelas comunidades locais, como sendo essenciais para dar resposta às necessidades mais prementes do aglomerado, em particular no que respeita a melhorar a qualidade de vida de populações, conservar e reabilitar o património material e imaterial (ligado às artes e ofícios tradicionais) e contribuir para o desenvolvimento local.
Pretende-se ainda com estas acções de voluntariado sensibilizar os alunos de arquitectura para as temáticas relacionadas com o desenvolvimento dos territórios rurais e para a importância da coesão social e territorial, bem como dar-lhes a oportunidade de contactar directamente com os processos, técnicas e materiais de construção tradicionais ao mesmo tempo que contribuem de forma concreta e visível para a melhoria da qualidade de vida das comunidades com as quais vão habitar e trabalhar durante o tempo de execução da intervenção.

A iniciativa TERRA AMADA tem por objectivos principais:
- Contribuir para a melhoria da qualidade de vida de populações rurais vulneráveis e para o desenvolvimento local;
- Conservar e reabilitar o património material e imaterial (ligado às artes e ofícios tradicionais) do mundo rural, e transmiti-lo às gerações mais jovens;
- Realizar acções de voluntariado emblemáticas, capazes de inspirar e mobilizar um amplo conjunto de actores, que vão desde as próprias comunidades locais aos alunos, empresas do sector privado, etc., com vista à realização de um projecto comum em prol do desenvolvimento local, da coesão social e territorial, da solidariedade entre gerações e da conservação do património;
- Realizar projectos de arquitectura e obras exemplares do ponto de vista dos princípios da conservação do património e sensibilizar os alunos de arquitectura para esta dimensão da prática profissional;
- Aprofundar as metodologias e as práticas de concepção participada de intervenções no mundo rural;
- Desenvolver acções de divulgação do conhecimento gerado durante os processos de intervenção, em particular no que respeita às metodologias, às vivências ligadas ao mundo rural e ao património material e imaterial (artes e ofícios tradicionais).


Documentos

Subscrever E-Newsletter



 

TSF

JA

JA PDF

Newsletter JA

mais

 

VOLCALIS
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA