concursos internacionais
-
CONCURSO INTERNACIONAL PARA O PLANO GERAL URBANÍSTICO DO PARQUE OLÍMPICO RIO 2016 . NOVIDADES
14.06.2011
Novas datas e constituição do Júri, que integra Nuno Portas
As datas do Concurso anunciado em Maio foram ampliadas: os projectos podem ser entregues até 28 de Julho e o resultado será divulgado no dia 15 de Agosto.

A grande procura por parte de escritórios nacionais e estrangeiros, e o interesse de existir uma participação ampla e o mais qualificada possível são as razões para o alongamento do prazo para entrega das propostas.

O site do IAB-RJ – onde estão publicados o edital do concurso e informações a respeito – recebeu mais de 25 mil acessos de 126 países. Já foram recebidas documentações da China, Eslovênia, Inglaterra, Holanda, Suíça, Portugal, Espanha e Estados Unidos, além de diversos estados brasileiros.

Mais informações sobre o concurso

Quatro estrangeiros e três brasileiros compõem o Júri do Concurso
O Júri do Concurso Internacional para o Plano Geral Urbanístico do Parque Olímpico Rio 2016 – que irá escolher o melhor Master Plan para a área de 1.180.000 m² do Parque Olímpico é composto por quatro arquitectos urbanistas estrangeiros (EUA, Portugal, Espanha e Austrália) e três brasileiros. A saber:

Gabriel Durand-Hollis arquitecto urbanista americano, representante da União Internacional de Arquitectos (UIA): ex-presidente da Federação Panamericana de Associações de Arquitectos, recém-eleito tesoureiro do Instituto Americano de Arquitectura (2012-2013) e Fellow do IAA.

Nuno Portas arquitecto urbanista português, representante do Instituto de Arquitectos do Brasil (IAB): responsável pelo projecto urbanístico de diversos bairros da periferia de Lisboa, tem actuado em várias cidades brasileiras, além de prestar consultoria ao Monumenta BID, programa de recuperação dos centros históricos de São Luís, Ouro Preto, Recife e Olinda, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento. Em 2005 recebeu o prémio Sir Patrick Abercrombie de Urbanismo da União Internacional de Arquitectos.

Luis Millet arquitecto urbanista espanhol, representante do IAB: foi director de infra-estrutura da Olimpíada de Barcelona e arquitecto responsável pelo Estádio Mediterráneo de Futebol, da cidade de Almería, em Espanha.

John Baker arquitecto australiano representante do Comité Organizador dos Jogos Rio 2016: actuou como consultor na concepção dos locais de competição dos Jogos Pan-americanos Rio 2007 e como consultor da candidatura Rio 2016. Esteve diretamente envolvido com os principais eventos desportivos mundiais, tais como: os Jogos Olímpicos de Sidney (2000), Atenas (2004) e Beijing (2008). 

Sérgio Dias engenheiro brasileiro, secretário municipal de Urbanismo e representante da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro: como engenheiro, possui ampla experiência em grandes projectos urbanos. Foi autor, entre outros, do projecto Rio Orla, que criou as primeiras ciclovias e reorganizou as praias da Zona Sul da cidade. O projecto mereceu distinção internacional no Congresso Rimini, em Itália, como o melhor projecto de Orla Marítima.

Jorge Wilheim arquitecto urbanista brasileiro, representante do Governo Federal: ex-secretário estadual de Planejamento Urbano de São Paulo (1975-1979), secretário municipal de Planejamento (entre 1983-1985) e secretário de Meio Ambiente (entre 1987-1991). Nomeado para o posto de Secretário-Geral Adjunto das Nações Unidas, concebeu, articulou e realizou a Conferência Habitat 2 de Istambul sobre o futuro das cidades. Foi um dos três consultores da reformulação do texto da Lei do Plano Diretor de São Paulo (1998); responsável pelo capítulo sobre questões urbanas do Relatório das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Humano (PNUD, Brasil, 1998) e pelo capítulo “Cidades Sustentáveis” que integra o estudo do IBAM para a Agenda 21.

Flávio Ferreira arquitecto urbanista brasileiro representante do IAB: ex-secretário municipal de Urbanismo do Rio de Janeiro (entre 1986 e 1988), ex-secretário de Planejamento de Uberaba (1993-1994), diretor-técnico do Iplan-Rio entre 1984 e 1986 e urbanista do Proyecto Ciudad Guasare – Venezuela (1982-1983). Teve participação activa nos programas Favela-Bairro e Rio-Cidade.

Subscrever E-Newsletter



 

TSF

JA

JA PDF

Newsletter JA

mais

 

VOLCALIS
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA