concursos internacionais
-
Concurso Internacional para a nova Biblioteca Central de Helsínquia | 1ª fase | 16 Abril
16.01.2012
A cidade de Helsínquia lança um concurso internacional de arquitectura para a concepção da sua Biblioteca Central, que virá a localizar-se no centro da cidade, Töölönlahti (Baía de Töölö), reflectindo o seu valor simbólico e a sua importância em termos de paisagem urbana.

O concurso está organizado em duas fases e os interessados devem registar-se/inscrever-se, sem pagamento de qualquer taxa, no website http:// competition.keskustakirjasto.fi até 16 de Abril 2012 que é também a data de entrega de proposta para a primeira fase.
O Júri irá seleccionar entre 6 e 8 trabalhos cujos autores serão convidados a desenvolver numa segunda fase.

São convocadas equipas de projecto, que:
na primeira fase contem, pelo menos, com um arquitecto – autorizado a utilizar o título e a exercer a profissão – e um perito em eficiência energética;
na segunda fase integrem, para além dos anteriores, um arquitecto com experiência em acompanhamento de obra, um engenheiro de estruturas e um arquitecto "local" com conhecimento da lei e regulamentação Finlandesas.

A avaliação dos trabalhos presentes a concurso é da responsabilidade de um Júri constituído por
- representantes da cidade de Helsínquia:
• Tuula Haatainen, Presidente do Júri (Presidente da Câmara)
• Maija Berndtson (Directora da Biblioteca Municipal de Helsínquia)
• Tuomas Rajajärvi, arquitecto (Director do Departamento de Planeamento do Município de Helsínquia)
• Irmeli Grundström, arquitecto (Departamento do Património do Município de Helsínquia
• Jarek Kurnitski (perito em Energia, Finnish Innovation Fund Sitra)
• Tuuli Mattelmäki (investigador em design industrial, Aalto University)
• Mauri Ylä-Kotola (Reitor da University of Lapland)
- representantes do Ministério da Educação e Cultura:
• Riitta Kaivosoja (Directora-Geral)
- representantes da Associação de Arquitectos Finlandesa (SAFA)
• Vesa Oiva, arquitecta
• Käpy Paavilainen, arquitecto
O Regulamento do Concurso define alguns critérios de avaliação para as duas fases:
1. Paisagem urbana – inserção no tecido urbano e respeito pelos princípios de planeamento e desenho da cidade;
2. Qualidade do projecto de arquitectura – com subtileza, deve reflectir um novo conceito funcional de biblioteca;
3. Funcionalidade – adequação ao programa base da biblioteca;
4. Exequibilidade – adequação às condições climatéricas Finlandesas e a um orçamento.

As línguas do Concurso são o Inglês e o Finlandês.
A passagem à segunda fase é premiada com um valor pecuniário de 25 000€ e os prémios do Concurso têm o valor, respectivamente, de 50 000€ para o primeiro; 37 500€ para o segundo e 25 000€ para o terceiro classificado.

Mais informação em http://competition.keskustakirjasto.fi.

Subscrever E-Newsletter



 

TSF

JA

JA PDF

Newsletter JA

mais

 

VOLCALIS
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA