outros prémios nacionais
-
Prémio IHRU 2013
11.07.2013
Depois de nas edições anteriores o Prémio IHRU ter consistido na atribuição de prémios de prestígio nas vertentes de Construção, Reabilitação e Trabalhos de Investigação Científica, o Conselho Diretivo do IHRU entendeu este ano premiar apenas a Reabilitação Urbana, tendo em atenção a realidade habitacional do país e a aposta do Governo nesta área.

Assim, constituem objectivos do prémio:

a) Valorizar e promover a divulgação do trabalho desenvolvido por projetistas, construtores e promotores, tanto públicos como privados, ao nível da reabilitação urbana;
b) Promover a disseminação de boas práticas;
c) Contribuir, através do conhecimento de experiências inovadoras, para a contínua adaptação a novas situações;
d) Assegurar, através da divulgação das melhores intervenções, também na perspetiva técnico-económica, o interesse dos cidadãos em geral pela preservação e revitalização do património habitacional e das áreas urbanas;
e) Contribuir para a divulgação de melhorias sociais no acesso a habitação.

As variantes este ano a concurso são:

a) Reabilitação de edifício;
b) Reabilitação de conjunto urbano;
c) Reabilitação de bairro social;
d) Reabilitação ou requalificação de espaço público;
e) Área de reabilitação urbana

O júri, constutuído para o efeito, é composto por:

a) Eduardo Souto Moura a presidir;
b) um membro do Conselho Diretivo do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P., que substitui o Presidente do Júri, na sua ausência;
c) o Coordenador do Prémio IHRU;
d) um representante designado por cada uma das seguintes entidades:
i. Arq.ª Isabel Domingos como representante da Ordem dos Arquitectos;
ii. Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas (APAP);
iii. Ordem dos Engenheiros (OE);
iv. Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC).

Mais se informa que qualquer pessoa ou entidade pode sugerir uma candidatura que será posteriormente formalizada se assim houver interesse por parte do respetivo promotor.

Todos os interessados em formalizar a candidatura, deverão apresentar, até às 16H00 do próximo dia 6 de Setembro, os elementos necessários, de acordo com o artigo 10.º do Regulamento do concurso, acompanhada da respetiva ficha de candidatura, no edifício sede em Lisboa, na Av.ª Columbano Bordalo Pinheiro, n.º 5, ou na Delegação no Porto, na Rua D. Manuel II, n.º 296 – 6.º.

Mais informações.



OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA