outros prémios internacionais
-
-
Estúdio AMATAM finalista WIN Awards
29.08.2014
O Estúdio AMATAM, um jovem gabinete de arquitectura, urbanismo e design, viu um dos seus projectos figurar entre os finalistas do prestigiado concurso internacional de design de interiores: WIN Awards, na categoria Leisure or Entertainment Venues.
Foram seleccionados mais de 610 projectos oriundos de 53 países, sendo o único projecto português entre todos os finalistas.

O projecto em questão trata-se da remodelação de um espaço existente que foi convertido num espaço dedicado a actividades de tempos livres para crianças, enquadrado num Health Club em Linda-a-Velha.
Destaca-se dos comentários do júri:
“The designers ‘played with colour’ to create a space that ‘is quite stylised, but one the kids will love’. Having seen many children’s centres, the judges agreed that ‘this one has a little more edge to it’ in ‘the combination and the way it’s done’, ‘a very good exercise in colour’ for others to learn from.”

Memória Descritiva

“Na realidade trabalha-se com poucas cores. O que dá a ilusão do seu número é serem postas no seu justo lugar.” (Pablo Picasso)

Projectar este espaço para crianças levou-nos a uma viagem no tempo e no espaço, na busca daquela inquietude que existe no fundo de todos os seres, do imaginário que nos faz sonhar e que procuramos sempre que necessitamos da nossa essência mais infantil e criativa. Este novo espaço, existente mas agora remodelado, seria uma oportunidade para criar um refúgio para os mais novos, um lugar onde pudessem dar asas a toda a sua criatividade. Para isso, será fundamental a aplicação de cor de modo a estimular a percepção do espacial e visual, pelo que a psicologia da cor se tornou uma das premissas fundamentais com que abordámos esta intervenção.

A necessidade premente do Health Club Kalorias ter uma área totalmente dedicada a actividades e ocupação dos tempos livres das crianças foi a causa deste projecto de renovação de 490m², onde um novo Vestiário e um Espaço Criança foram projectados e concluídos em Outubro de 2013, dentro do complexo existente do Clube.
O Espaço Criança foi implementado numa área existente obsoleta, cuja função inicial estava associada a eventos corporativos. No novo programa estipulado havia a necessidade de criar uma Sala Polivalente – ampla e versátil, que permitisse diferentes usos, uma Sala de Leitura – dedicada ao apoio escolar, visionamento de filmes, leitura de livros, uso de material informático didáctico; uma Sala de Artes Plásticas – cuja principal função seriam os trabalhos manuais e expressão visual; e por último uma sala mais lúdica, vocacionada para a diversão e jogos motricionais. Com base nestas necessidades programáticas, adaptaram-se os espaços mantendo ao máximo as estruturas existentes, acabando por se adoptar uma lógica de adição de elementos novos – sejam estes novas formas, cores, texturas, elementos gráficos – que pudessem estar carregados de um simbolismo que permitisse a quem entrasse neste espaço fosse transportado para uma realidade onírica.

Este desafio que colocámos a nós mesmos, levou-nos a deambular e a fugir de lugares comuns, obrigou-nos a desmaterializar algumas noções de equilíbrio plástico, de forma a podermos nos aproximar dum desprendimento mental que permitisse criar um espaço acima de tudo lúdico e distinto para crianças de palmo e meio.

Cada espaço novo idealizado tem características únicas, conta uma história diferente, é um destino diferente nesta viagem. As formas criadas conjugam-se com cores surpreendentes, que contextualizam os espaços de forma particular. O corredor é o espaço aglutinador, que comunica com todas as salas e as agrega na linguagem espacial e formal. Os diferentes arcos que o caracterizam simbolizam passagens, uma galeria para pequenas princesas e pequenos reis desfilarem, servindo também de montra para as diferentes salas. Na Sala de Leitura a criação de um pequeno anfiteatro permite que as crianças se juntem em torno de um enorme plano preto em tinta de ardósia que se transforma numa enorme tela, para histórias e lendas. Ou somente para se sentarem de forma intuitiva em redor de uma sessão de cinema. A Sala de Artes Plásticas dá primazia a formas curvas e orgânicas e a cores vibrantes, de modo a estimular a expressão visual. O enorme azul do tecto com apontamentos de candeeiros lembra um céu estrelado, enquanto as paredes furadas escondem esconderijos e efeitos visuais únicos. Na Sala de Jogos, o tapete verde dilui a superfície do chão com a parede que por sua vez é embrulhado num jogo de planos inclinados coloridos que desconstroem o tecto. A última sala, ao fundo deste corredor mágico, assume-se como o espaço mais versátil, no qual foi definida uma área livre e um espaço lúdico que se distingue pela montanha tétrica de cores e um palco para pequenas encenações teatrais.
Perto dos vestiários existentes do Clube, um estúdio menor foi remodelado de modo a albergar um vestiário dedicado em exclusivo para as crianças com todas as comodidades necessárias. Apesar de estar em um local diferente dentro do complexo, as áreas de vestir compartilham da mesma visão que pretende desafiar o monotonismo dos adultos!

Porém o mais gratificante estará por chegar… o tempo de verificar como as diferentes crianças se adaptam e apropriam este espaço como sendo delas, constatar como é que este mundo onírico criado por adultos pode caber no imaginário infantil. No fim esperamos que este espaço novo que renasceu com cores alegres, formas inusitadas e características peculiares possa despontar nos mais novos toda a sua potencialidade.

Mais informação sobre o projecto.

OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA