-
Prémio Távora para Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura
26.10.2020
Os Arquitectos Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura sagraram-se hoje, 26 de Outubro, vencedores da 16ª edição do Prémio Fernando Távora, com a proposta “Estrelas do mar: Fortificações Costeiras de Portugal Continental”.
O júri anunciou hoje, por unanimidade, que Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura são vencedores da 16ª edição do Prémio Fernando Távora numa cerimónia que decorreu na sede da Ordem dos Arquitectos – Secção Regional Norte – N41º Centro de Arquitectura, de Criatividade e de Sustentabilidade.

Pedro Abranches Vasconcelos (1968) Formou-se na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (1993). Actualmente, tem atelier próprio e gere duas páginas virtuais, Quaestio de Acqua et Terra e Walls as Rooms, dedicadas a fortalezas marítimas e a edifícios.
Carlos Machado e Moura (1982) Formou-se na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (2006). Actualmente, exerce actividade de arquitecto como liberal ou no atelier MAVAA, é membro do comité de gestão da Acção COST 18126 Writing urban places (2019/23) e investigador do projecto (EU)ROPA – Rise of Portuguese Architecture (CES-UC, 2018/21).

A proposta “Estrelas do mar: Fortificações Costeiras de Portugal Continental” foi distinguida pelo júri do galardão por ser inédita, contribuindo para um conhecimento actualizado e sistemático do património defensivo costeiro, através da utilização do desenho e das novas tecnologias numa uniformização, em termos de apresentação. “A maioria destas Estrelas está documentada, em levantamentos antigos, estudos parcelares aprofundados, muito excelentes, compilações amadoras e rotas específicas em zonas turísticas, mas o seu conjunto merece uma análise inclusiva, numa perspectiva crítica, contemporânea e arquitectónica”. (excerto da proposta de viagem).

Para a concretização da proposta, Pedro Abranches Vasconcelos e Carlos Machado e Moura receberão uma bolsa de viagem no valor de seis mil euros.

O Júri da 16ª edição foi presidido pela jornalista Paula Moura Pinheiro e contou com Eduardo Queiroga, José Bernardo Távora, Paula Silva, Maria da Graça de Tavares e Távora Pereira Coutinho (em representação da família do Arquitecto Fernando Távora).

A conferência de apresentação do resultado desta viagem vai realizar-se em Outubro de 2021, no Dia Mundial da Arquitectura.

Sobre os vencedores

Pedro Miguel Abranches Vasconcelos - Nasce em Coimbra a 1 de Julho de 1968. Vive no Porto desde 1970. Licencia-se em Arquitectura pela FAUP em 1993, com a média final de 15 valores, inscrevendo-se no mesmo ano na Ordem dos Arquitectos com o n.º 5412. Trabalha desde o 2.º ano, inicialmente como colaborador de Graça Nieto Guimarães (1988-89), mais tarde como colaborador estagiário e depois como co-autor com Henrique de Carvalho (1989-1995). Em 1995 estabelece-se com atelier próprio, que mantém ininterruptamente até hoje. Trabalha quase sempre sozinho, com colaborações pontuais de co-autoria com outros arquitectos. É relator do Conselho de Disciplina da SRN da Ordem dos Arquitectos entre 2000 e 2002. Entre 1998 e 2000 é director técnico da filial portuguesa do empreiteiro alemão GleissHootz. Entre 2004 e 2009 é assistente das disciplinas de projecto do 4.º e 6.º ano do curso de Arquitectura da ESAP.
Tem no prelo uma monografia sobre a Torre das Águias, nos arredores de Brotas. Cria e gere 2 páginas virtuais, Quaestio de Acqua et Terra e Walls as Rooms, dedicadas a fortalezas marítimas e a edifícios com tanto de massa como de vazio, atlas de exemplos que partilha. É pai do Vasco Bleck Vasconcelos (2009).

Carlos Machado e Moura – é arquitecto (FAUP, 2006) pós-graduado em Património Arquitectónico (CEAPA-FAUP, 2013) doutorando em Arquitectura: Teoria, Projecto, História (PDA-FAUP;FCT, 2015) e investigador integrado do Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo da Universidade do Porto (CEAU-FAUP). Leccionou na Universidade de Florença (2009/10) e integrou projectos Europeus sobre regeneração urbana e desenvolvimento local. Exerce actividade de arquitecto como liberal ou no atelier MAVAA que fundou em 2010, sendo co-autor de obras como a Escola Primária e Pré-Primária de Sant’Albino (Montepulciano, Itália, 2016). Co-autor do livro Casas Quinhentistas de Castelo Branco (CMCB/Argumentum, 2008) e autor de Building Views (Circo de Ideias, 2017), foi membro da equipa editorial do J–A Jornal Arquitectos (2016-19). Coorganizou as iniciativas AsSALTO, Dois Dias e Meio e Aulas de Autor (CEAU-FAUP, 2016-19), foi curador-assistente da exposição Físicas do Património Português (DGPC/MAP, 2018-19) e do Open House Porto 2016. Actualmente colabora com a Jofebar/panoramah!®, é membro do comité de gestão da Acção COST 18126 Writing urban places (2019/23) e investigador do projecto (EU)ROPA – Rise of Portuguese Architecture (CES-UC, 2018/21). É pai de Tiago (2011) e Nuno Moura (2012).


Sobre o Prémio Fernando Távora
O Prémio é organizado pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN) em parceria com a Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva (FIMS), contando com o patrocínio, nesta 16ª edição, da Ageas Seguros.
Surge como homenagem ao arquitecto Fernando Távora que, enquanto arquitecto e pedagogo, foi uma influência para sucessivas gerações de arquitectos. Relaciona-se com os hábitos do arquitecto que, durante toda a vida, viajou pelos vários continentes para estudar a arquitectura de todas as épocas. É um prémio anual e nacional destinado a todos os arquitectos inscritos na OA, para a melhor proposta de viagem de investigação. O objectivo é incentivar e valorizar a Viagem de Investigação enquanto instrumento de formação do arquitecto.

O Prémio Fernando Távora possibilita aos arquitectos uma preparação através de experiências reais, valorizando a importância da viagem e do contacto directo com outros países para a formação da cultura do arquitecto.

Lançado em 2005, o prémio distinguiu até agora os arquitectos: Nélson Mota, Sílvia Benedito, Maria Moita, Cristina Salvador, Armando Rabaço, Marta Pedro, Paulo Moreira, Sidh Mendiratta, Susana Ventura, André Tavares, Maria Neto, Eliana Sousa Santos, Isa Clara Neves, a equipa Carla Garrido de Oliveira, Filipa de Castro Guerreiro e Pedro Ribeiro, e a equipa Luís Ribeiro da Silva e Margarida Quintã.



OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA